All Posts By

Paula Lopes

Blog, Inspiração

Início do recomeço…

Olá meus queridos seguidores, estava com muitas saudades de vocês mas, um pouco dessa saudade valeu a pena depois de um ano que se passou.

Quando estava escrevendo este post para avisar a vocês que o blog irá voltar me deu uma imensa vontade de chorar, não por tristeza mas por alegria, para mostrar um pouco mais de minha vida, cheia de novidades.
Obtive melhoras e como no último post eu estava com bastante dor, posso hoje falar que melhorei 70% porque 100% só Deus.

Então, é com bastante Alegria que comunico a vocês mais uma jornada da minha vida pois irá voltar o famoso blogdapaula. Com muitas inovações e aprendizados de uma vida melhor, de alegrias e tristezas.

Mas agora iremos mudar um pouquinho o sistema do BLOG, desse grande recomeço, alegrias, tristezas, orgulho e carinho.
Agora vamos investir mais com o nosso querido canal do YouTube com vlogs, vídeos externos e internos e também com participações especiais.

Teremos também pequenos posts falando de outros tipos de tratamento, alguns que ainda estão em fase de testes e experiências científicas.

Peço à vocês que aguardem com bastante carinho e compreensão e desde já agradeço meus seguidores que voltaremos a todo vapor nessa nova jornada que se iniciará em fevereiro de 2018.

Gostaria de desejar a vocês um Feliz Natal e um Feliz Ano novo com bastante carinho e até breve.

Blog

Um mês para agradecer.

Oi gente.. Mal piscamos e esse ano já tá chegando ao fim de novo. E que ano! Então, para aproveitar o início do último mês do ano, quero começar meu agradecimentos.

 

Como vocês sabem, eu tenho um canal no YouTube, onde eu também comecei contando sobre minha vida, desde recém nascida. E eu fiquei muito feliz por alguns comentários de algumas pessoas que se identificaram com a minha história e escreveram para mim. Por isso, esse primeiro post de agradecimento é a vocês: meu público.

 

Vocês que me acompanham por aqui, que me acompanham pelo canal me fazem sentir muito especial. Muito obrigada a todos vocês que me acompanham, que me leem e que me assistem. Fico muito feliz de saber que de alguma forma o que eu compartilho aqui é tão bem recebido por vocês.

 

Convivo com minhas dificuldades há 34 anos, mas às vezes sinto que nem sou uma deficiente física. Por que minha condição física não me impede de ser feliz ou de realizar meus sonhos. Pior é a condição de quem não tem nenhuma limitação física, mas é preconceituoso, reclama da vida, julga as pessoas pela aparência. Essa é a pior das deficiências: a de caráter.

 

Quando realmente pensei em criar este blog, foi para mostrar um pouco de tudo que passo nesta vida, e me sinto uma guerreira apesar das minhas limitações. Cheguei em lugares que ninguém nunca imaginou nem nos melhores prognósticos. E hoje sou feliz por tanta gente que me ama e me ajuda, e eu não poderia deixar de agradecer também. Os médicos que me acompanham, meu psicólogo que teve a grande ideia de me ajudar a construir este blog e canal, meus irmãos que me ajudam, e uma pessoa maravilhosa que eu amo infinitamente: minha mãe. Mas acima de tudo, Deus que tem me ajudado até aqui.

 

Então é isso, muito obrigada a vocês que acompanham meu trabalho aqui, pessoas que eu conheço, pessoas que eu não conheço, mas que estão todas no meu coração. Não deixe de acessar o blog, curtam a página no facebook e se inscrevam no canal que em breve vai ter muito mais conteúdo para vocês. 2017 promete e eu conto com vocês. Até o próximo post! 😀
Blog

Alguns quilinhos a menos

Oi gente! Tudo bem? Hoje quero contar pra vocês um pouco de como fiz para emagrecer durante esse ano. Foram alguns meses de muito trabalho, exercícios e alguns imprevistos durante o processo que serviram pra me ensinar algumas coisas.

 

Em abril deste ano aconteceu o noivado da minha sobrinha. Fui tentar entrar em alguns vestidos que eu tinha e notei que estava muito fora do meu peso ideal e que já estava na hora de eu mudar isso. Resolvi que era hora de perder peso, mudar isso. Tomei uma atitude e comecei um tratamento com um nutrólogo.

 

Ao chegar lá, descobri que estava pesando 67 quilos. A minha meta de início era emagrecer 10 quilos. Ele me passou uma fórmula e pediu para voltar no próximo mês. Quando voltei, para minha surpresa tinha emagrecido 3 quilos. Fiquei muito feliz. Ele me passou uns exames para ver como estavam minhas taxas de colesterol, triglicérides, etc.

 

Graças a Deus estava tudo normal. Continuei com o medicamento, dieta e fazendo caminhada em frente a onde moro, e quando voltei de novo no médico, para minha alegria tinha perdido mais 3 quilos. Minha auto-estima já era outra. Já tinha sido uma grande mudança para mim. Conseguir isso me inspirou a seguir em frente e alcançar o meu objetivo.

 

Durante todo o processo no entanto, um medicamento que eu tomei para emagrecer me deu muitos efeitos colaterais, relacionados com meu quadro de distonia. Meu braço enrijeceu, ficou com movimentos involuntários, muita dor. Fui em alguns médicos e alguns falaram que esse agravamento foi por causa do medicamento, outros disseram que não, mas de qualquer forma eu suspendi o uso. Foram dias de sofrimento. Para reverter isso comecei a fazer um tratamento alternativo no Centro de Reabilitação que eu frequento e graças a Deus hoje estou bem melhor.

Paula Antes e Depois de Emagrecer

Enfim.. Apesar dos pesares hoje eu estou bem feliz. Comprei algumas roupas novas, já entro em algumas roupas antigas que não me servia há anos e não tem sensação melhor no mundo. Agora estou fazendo a manutenção do que eu já consegui até aqui e vou seguir firme com os exercícios e a dieta. Ano que vem vou a dois casamentos, e em um deles serei madrinha, então preciso estar linda! Rsrs.. Mas mais do que a estética, o importante é se cuidar e se sentir bem com o seu corpo.

 

Se eu puder dar um conselho a vocês, é isso: Foco, fé e força nos seus objetivos. Não abuse de medicamentos que podem te fazer muito mal. Não existe fórmula mágica para emagrecer. Cuide da sua dieta, faça um pouco de exercícios e veja a mágica acontecer! Um bjão e até o próximo post!
Post Estou de Volta
Blog

Voltando das férias prolongadas

Olá pessoa! Depois de alguns meses sem conseguir atualizar o blog, estou de volta! Estava com muitas saudades de escrever aqui. E nessas “férias” do blog aconteceram muitas coisas que eu quero muito compartilhar com vocês.

 

Primeiramente, o motivo de eu não ter conseguido postar mais no blog por todo esse tempo é que o editor que me ajuda a postar as coisas aqui estava terminando o trabalho de conclusão de curso na faculdade, e acabou ficando sem tempo de me ajudar a postar as coisas aqui. Mas agora ele formou e estamos de volta a todo vapor! Depois, além disso, eu estava fazendo um tratamento para emagrecer que me ajudou por um lado, mas me atrapalhou em outros e eu tive que focar um pouco mais na minha saúde. Depois vou contar mais detalhadamente para vocês. Hoje quero falar só de coisa boa, pois estou muito feliz de voltar a escrever para vocês.

 

Férias como antigamente…

 

Apesar das dificuldades, como já disse, nessas férias também aconteceram coisas boas. Tive o cuidado da minha família, passei bastante tempo com eles e até lembrei das épocas de ouro. Por exemplo, no feriado da Independência, em setembro, passei a semana em Caldas Novas. Exatamente como antigamente. Minha mãe foi, assim como meus tios e minha prima com o filho dela. Eu e minha mãe fomos primeiro. Fizemos compra no supermercado, aproveitamos a piscina, passeamos pela cidade. Foi muito bom esse tempo de descanso.

 

Minha prima chegou no final de semana com seu filho. Foi inesquecível. Voltamos aos tempos de antigamente, quando esses passeios eram frequentes. Rimos bastante, fomos ao clube que a gente costumava a frequentar e também conhecemos um novo lugar que tinham muitas atrações legais. Não pude ir em todas, por causa da minha limitação física, mas fiquei muito feliz de passar esse tempo em família. Ajudei minha prima a olhar o filho dela na piscina de ondas, no toboágua para crianças, acompanhei ele na gincana infantil. Que divertido!

 

À noite saímos duas vezes e percebemos que aquele pique que tínhamos antigamente já não era mais o mesmo. Estávamos muito cansados. Mas mesmo assim, foi uma viagem maravilhosa. Tive o privilegio de curtir minha prima como em outros tempos e valeu muito a pena.

 

Palmeiras de Goiás

 

Nessas férias prolongadas, também tive a oportunidade de passar um final de semana em Palmeiras de Goiás. Todo ano é realizado um terço em devoção a São João Batista pela Família Lopes. Essa é uma tradição passada pelo meu bisavô. Ele prometeu que nenhum homem da família fosse chamado para para ir à guerra, todo ano ele celebraria uma festa para comemorar e rezarmos esse terço.

 

Desde então esse terço tem passado de geração a geração, e todo ano sorteamos quem vai ser o próximo anfitrião. Este ano foi uma parte da família que mora em Palmeiras de Goiás. Tivemos um final de semana incrível em uma fazenda da família. Seguimos para a casa da minha prima, onde dormimos, passeamos pela cidade (que cresceu muito desde a última vez que estive lá), conheci o lugar onde minha mãe morou quando era criança.. Enfim.. foi um passeio muito diferente e agradável. E o proximo festeiro já foi escolhido, e a festa do ano que vem vai ser em Paraúna.

 

Gente.. Eu estava com muitas saudades mesmo e agora já posso dizer que o blog está de volta a todo vapor. Acompanhe os próximos posts, curta a página do facebook, inscreva-se no canal do Youtube que em breve tem muito mais novidades para vocês!.

 

Um beijão no coração e até o próximo post.
Blog

TAG: Haja armário

Oi gente! Hoje quero começar aqui no blog uma sessão de “tags” pra contar coisas mais cotidianas, pra vocês me conhecerem melhor… O primeiro assunto vai ser sobre o meu guarda-roupas, o que eu uso, o que eu gosto, tudo dividido em tópicos. Espero que vocês gostem e, claro, comentem, sugiram os próximos assuntos! Vamos lá!

 

1- Qual a peça mais cara do seu armário?

Gente existe um vestido lilás que foi feito só para mim, para eu usar no meu baile de formatura.
Eu e meu lindo vestido do baile.

Eu e meu lindo vestido do baile.

2- Qual a peça mais barata do seu armário?

É uma regata de malha fina laranja que eu comprei em feira perto da minha casa para fazer academia. É simples mas confortável.

 

3- Quais as peças indispensáveis no seu armário?

São duas, primeiramente um vestido comprido com estampa de borboleta e uma blusa cheia de borboletas que minha mãe trouxe pra mim de Portugal. Amooo!
Eu e minhas borboletas na Feira do Descobrimento

Eu e minhas borboletas na Feira do Descobrimento, em Porto Seguro.

 

Amo essa blusa, amo esse lugar!

Amo essa blusa, amo esse lugar!

4- Qual a preça mais diferente do seu armário?

Um vestido curto amarelo com filo customizado com flores amarelas.
Meu vestido amarelo

Meu vestido amarelo

 

5- Quais as peças que você mais curte?

Existem 3 peças: A primeira é um vestido vermelho de festa que eu amo e as outras duas são 2 macacões, um curto e um comprido.
Em cima, os dois macacões, e abaixo o vestido que eu amoo!

Em cima, os dois macacões, e abaixo o vestido que eu amoo!

6- Qual a cor predominante do seu armário?

Meu armário é composto com roupas bem claras e algumas estampadas. Amo amarelo, rosa, lilás.. Tudo em tons bem clarinhos. A maioria das minhas roupas são assim.

 

7- Uma dica de organização para o seu armário

Sempre gosto de colocar minhas roupas em ordem nos cabides. Começando na esquerda com as mais levinhas, blusas, vestidinhos que são os que eu mais uso desse lado. As roupas de inverno, mais pesadas, ficam à direita. Assim, fica mais fácil de escolher a roupa que eu quero dependendo da ocasião.

 

É isso pessoal, deu pra me conhecer um pouquinho melhor, né? Comentem o que vocês acharam e sugiram assuntos pros próximos posts! Vai ser um prazer ouvir vocês! Agora vou arrumar meu armário que está todo bagunçado. Até o próximo post. 😀
Blog

Nova idade, refúgio antigo…

Oi gente… Como vocês já sabem, meu aniversário esse ano já passou. E como eu já contei aqui, eu sempre fujo com minha mãe para o meu refúgio: Porto Seguro. E mais uma vez foi maravilhoso. viajamos no último dia 15 e voltamos no dia 20 de abril.

 

Mesmo já conhecendo o lugar, eu não me canso de ser surpreendida pela beleza da cidade. Cada dia fomos em uma praia diferente e um dos dias aproveitamos o hotel só para descansar e guardar a energia para celebrarmos minha nova idade. Além das praias, visitamos a Feira do Descobrimento à noite – famosa passarela do álcool, que é muito linda por sinal.

 

Neste ano não fechamos nenhum pacote de passeio com agência. Como a gente já conhecia por já ter visitado outras vezes, apenas escolhemos as principais barracas para aproveitarmos. Visitamos as seguintes:

 

– Coroa vermelha
– Barramares
– Axé Moa
– E Arraial d’Ajuda

 

Além disso, nos esbaldamos nas famosas lojinhas de artesanato e roupas. Visitamos territórios indígenas, o lugar onde foi celebrada a primeira missa no Brasil, o marco da chegada dos portugueses, além dos Milagres da Nossa Senhora d’Ajuda.

 

Nesse ano, pra celebrar meu aniversário mesmo, decidimos passar em um lugar super tranquilo sem muita badalação. Fomos passear em Arraial d’Ajuda, na Praia Pitinga. Um ótimo lugar pra admirar a beleza e agradecer a Deus por mais um ano de vida. Não faltou a moqueca de peixe, não faltou paz, não faltou alegria. Só eu e minha mãe, comemorando essa data que foi tão especial.

 

No outro dia cantaram parabéns para mim dentro do ônibus da excursão e eu me senti! Foi muito legal. Quando chegamos ao vilarejo agradeci a todos pelo carinho e contei sobre meu blog. Se alguém desse passeio estiver me lendo, mais uma vez, muito obrigada!

 

É isso gente.. Vamos que vamos nessa nova idade! Que Deus nos abençoe! Até o próximo post!
Blog

1 ano aprendendo a voar

Oi gente.. Faz um tempinho que não posto não é mesmo? Tivemos uns probleminhas técnicos nesse fim de semana, Mas hoje tenho um motivo muito especial pra retomar o blog com força total! Quinta-feira passada o blog fez oficialmente um ano! E para mim o blog não fez apenas 1 ano, ele cumpriu um ciclo em minha vida.

 

Meu psicólogo me deu a ideia de fazer este blog para que eu pudesse mostrar a minha história, minhas dificuldades, contar sobre minha deficiência física. E hoje, pra mim, ela não é nada perto de tudo que eu já conquistei.

 

Contar essas histórias e colocar aqui me trouxe algumas pessoas muito especiais. E eu gostaria de fazer alguns agradecimentos especiais por essa data tão importante.

 

Agradecimentos

 

A primeira pessoa a me ajudar foi meu querido psicólogo que deu todo apoio pra eu realizar esse sonho que eu já tinha, e ele ajudou a despertar.
Meu querido Psicólogo, Hercílio Júnior

Meu querido Psicólogo, Hercílio Júnior

 

A segunda é a minha mãe, que é sempre minha amiga, companheira de todas as horas e que me apóia sempre que necessário. Sou eternamente grata.
Dona Ivana, minha mãe amada

Dona Ivana, minha mãe amada

 

E por falar em canal, eu também não poderia deixar de agradecer ao fotógrafo Sérgio Yasushi que me ajudou na gravação e que fez uma linda sessão de fotos comigo. Além dele, outra fotógrafa que é muito especial, a quem devo muita gratidão, é a Dissionina Pimenta. A vocês meu muito obrigada.
Sérgio, meu fotógrafo

Sérgio, meu fotógrafo

 

Dissionina Pimenta, Fotógrafa

Dissionina Pimenta, Fotógrafa

 

Hoje posso falar para vocês o quanto estou feliz com este trabalho. No começo, muita gente pensava que eu não iria dar conta do meu trabalho. Mas depois de um ano, posso dizer a vocês que valeu a pena cada esforço. Tenho um blog, um canal no youtube e muitas pessoas especiais que tornam isso gratificante. Por isso, por tamanha alegria eu também não poderia deixar de agradecer a vocês: meus leitores e amigos.

 

Feedback

 

Pra continuar fazendo esse trabalho, crescendo e melhorando, eu queria conhecer melhor vocês e ouvir o que vocês tem achado até aqui. Quando tiverem um tempinho, comentem aqui sobre os seguintes tópicos:

 

1 – Como conheceram o blog?
2 – O que vocês tem achado dos posts até aqui?
3 – O que vocês mudariam ou como eu poderia melhorar o blog?

 

Deixe aqui as suas respostas.. Será um prazer ouvir com vocês!
Muito obrigada! E até o próximo post!
Blog

Auto-Maquiagem

Olá, pessoal! Tudo bem? Sempre quem me ajuda a me arrumar é minha mãe, ou eu costumo ir no salão. Mas em tempo de crise, ultimamente estou aprendendo a fazer maquiagem usando uma mão só. Fiz alguns testes e achei que seria legal compartilhar com vocês aqui no blog.

 

Quando fui tentar fazer a primeira tentativa, busquei na internet quais seriam os materiais que eu precisaria para saber se o que eu já tinha era suficiente para fazer uma maquiagem para o dia a dia. Algo fácil que eu poderia fazer sozinha. Afinal, sendo blogueira e youtuber, eu tenho que estar linda! 😀 Então acompanhe comigo aqui como foi minha saga:

 

Primeiramente os itens que eu precisei:

Água termal
Creme reparador para a pele
Corretivo de acordo com o tom de pele
Primer
Base
Pó compacto
Gel transparente para corrigir a sobrancelha
Lápis preto
Blush bronzer sem brilho (e também de acordo com o tom da pele)
Rímel
Delineador
Gloss
Batom
Paleta de sombras
Conjunto de pincéis

 

Enfim, esses são os mais importantes. Peguei minha maleta de maquiagem, separei os materiais que eu tinha e comecei a seguir um tutorial que vi na internet.

 

Começando

 

Em primeiro lugar, passei a base e o pó de acordo com minha pele. Logo depois, o corretivo. Neste momento peguei minha peleta de sobras e o lapis preto para começar a maquiagem. Passei uma sombra esverdeada, esfumacei com um pouquinho de marrom, passei meu delineador e, pela pouca prática, manchou um pouquinho.

 

Com um cotonete, limpei onde tinha manchado com removedor de maquiagem, depois passei meu lapis preto e defini a sobrancelha penteando a mesma. Usei meu pó e meu batom cor de rosa e pronto. Terminei minha primeira tentativa. Acho que ficou muito bom para quem fez de primeira com uma mão só.
Esse foi o resultado da primeira maquiagem que eu fiz sozinha. :D

Esse foi o resultado da primeira maquiagem que eu fiz sozinha. 😀

 

Depois pedi a minha mãe para tirar algumas fotos pra registrar isso. Fiquei tão animada que estou pensando em fazer um cursinho de maquiagem para continuar me sentindo linda sempre.
O importante é se sentir linda!

O importante é se sentir linda!

 

Sei que a primeira tentativa não ficou megaprofissional mas pelo menos eu tentei. Quero fazer isso mais vezes e quero sempre compartilhar com vocês. Pois o que importa mesmo é como a gente se sente, e agora eu estou me sentindo linda! 😀 Até o próximo post! Beijos!
Blog

Cidades Litorâneas

Oi Gente, tudo bem? Como vocês já devem ter percebido nos meus relatos aqui no blog, eu e minha família temos uma longa história com Caldas Novas. Muitos feriados e programações especiais a gente faz por lá. Por termos parte da família lá, por ser mais perto de Goiânia, enfim.. Por ser mais fácil e acessível. Mas hoje eu quero compartilhar com vocês sobre outros lugares que eu também conheço. Mais especificamente as cidades litorâneas que já visitei.

 

A primeira vez…

 

Quando eu tinha uns 10 anos, minha mãe começou a pesquisar sobre outros tipos de passeios. Amamos Caldas Novas. Mas se até do seu prato preferido você enjoa quando come todo dia, imagina os lugares que você visita? Rsrs. Já estávamos meio entediadas de sempre fazer as mesmas coisas nos mesmos lugares. Foi então que decidimos conhecer lugares diferentes.

 

A primeira vez que vi o mar foi em Balneário Camboriú, Florianópolis, no sul do Brasil. Foi uma viagem muito boa. Fomos 3 famílias. Lembro que quando vi o mar, mal podia acreditar em tanta beleza e em tanta água. É uma experiência realmente incrível. Só de lembrar, já sinto o cheiro, a brisa, a energia. Não tem nada que relaxa mais do que ficar deitada na areia sob a sombra do guarda-sol escutando aquele som.

 

Lembro como se fosse hoje. E depois que fizemos essa primeira viagem, tornamos isso em um hábito. Pelo menos uma vez no ano a gente tinha que ir para o Litoral.

 

A segunda viagem foi para Ubatuba, interior de São Paulo. Também fomos com uma parte da família. Em seguida fomos pra Cidade Maravilhosa. Ah, como o Rio de Janeiro é lindo. Fomos em uma excursão e cada dia passeávamos pelos pontos turísticos. Infelizmente não deu para subirmos no Corcovado e no Pão de Acúcar, mas só de olhar do ônibus de turismo já fiquei encantada com a beleza desses lugares. Ainda quero voltar lá pra vista de cima da cidade nesses pontos.

 

Nordeste, minha paixão

 

Agora a nossa grande paixão nessa jornada de conhecer cidades litorâneas está no nordeste. Percorremos o litoral nordestino em uma excursão para Porto Seguro. Já postei aqui sobre essa cidade linda e sobre como me encantou. Além disso, visitamos Fortaleza, Recife, Porto de Galinhas, Salvador, Guarajuba… Mas Porto Seguro.. Ah, Porto Seguro, logo logo nos veremos de novo.

 

Na próxima semana estou embarcando mais uma vez com a minha mãe para o nordeste. Adivinhem para onde? Sim! Porto Seguro. Quando voltar, conto como foi!

 

Enfim, gente. Basicamente são essas as cidades litorâneas que eu já conheci. Claro que tem muitas outras que eu tenho muita vontade de conhecer e na medida do possível vou ampliando essa lista… Espero que tenham gostado! E se tiverem alguma dica, ou alguma experiência legal pra contar, escreve aí nos comentários! Até o próximo post.
Blog

Materiais Escolares

Oi gente! Tudo bem? Nesse comecinho de ano a maioria das escolas já voltaram com as aulas e algumas faculdades também. E nesse clima de volta às aulas me deu uma saudade da época que eu estudava. Então eu comecei a relembrar de como era bom esse friozinho na barriga antes de começar o ano letivo. Aquele cheiro de materiais novos. Tudo lindo, encapado, adesivado… Vamos reviver isso comigo?

 

O Primário

 

Quando eu comecei os meus estudos, eu sempre ia com minha mãe comprar meu material escolar nessa época. Aí já viu, né.. Criança não vê preço, vê só o que enche os olhos. Não tinha como não ir direto nos materiais mais caros que a papelaria já deixava como armadilha para os pais desavisados que levavam seus filhos junto nessa missão. Eu já ia direto onde tinha estampado os desenhos animados que eu gostava, filmes, borboletas! Principalmente! Mas nem sempre eu tinha o que eu queria, exatamente por causa dos cifrões.

 

Também tinha um detalhe: meu material era comprado seguindo uma lista da escola, que para cada série era diferente. E algumas coisas, como por exemplo a agenda tinha que ser padronizado. Até as cores dos plásticos. Tudo. Então não adiantava ostentar uma capa linda, se tinha que ter esse padrão.. Rsrs..

 

Ensino Fundamental e Médio

 

De 5ª a 8ª estudei em uma escola que não usava os livros convencionais. Era tudo por meio de apostilas bimestrais compradas no próprio colégio. Quanto aos outros materiais, minha mãe se esforçava pra me dar os que eu gostava pra incentivar. Era tão bom o cheirinho de novo de tudo, do estojo, os cadernos cor de rosa, canetinhas e lápis de cor, lapiseira colorida, borracha.

 

Já no ensino médio, que também era na metodologia da apostila, eu já escolhia os meus materiais. Amava meus cadernos, fichários, blocos e divisórias tudo do mesmo tema. Inclusive a agenda. Rsrs. No estojo, tinham minhas canetas esferográficas coloridas, canetas de ponta fina azul, vermelha e preta.

 

Faculdade

 

Quando entrei na faculdade não mudou muita coisa. Usava caderno ou fichário, e também pasta arquivo, pois os livros eram sempre pesados.

 

Sempre fui organizada. Ainda continuava com minhas canetas esferográficas, canetinha e lápis de cor para destacar nos cadernos e nos livros. Além disso, corretivo para os erros ortográficos, marca páginas coloridas para colocar nos cadernos e livros, e finalmente capas plásticas para colocar e conservar meus livros que tenho até hoje.

 

Preparativo para OAB

 

Quando comecei a estudar nos cursinhos da vida para me preparar para a prova da OAB, eu sempre usei fichário devido às muitas matérias e os conteúdos que eram muitos. Quando acabava as folhas do fichário, eu usava um caderno para ir complementando.

 

Hoje em dia

 

Hoje eu continuo usando materiais de papelaria. Como já contei aqui no blog, meus posts nascem em um caderno. E eu continuo com minhas canetas, marca-textos, adesivos e tudo que posso pra fazer esse trabalho da melhor maneira possível.

 

Fazer este post foi bem legal para relembrar as boas épocas da escola. Espero que tenham gostado! Até o próximo! 😀