Browsing Tag

férias

Post Estou de Volta
Blog

Voltando das férias prolongadas

Olá pessoa! Depois de alguns meses sem conseguir atualizar o blog, estou de volta! Estava com muitas saudades de escrever aqui. E nessas “férias” do blog aconteceram muitas coisas que eu quero muito compartilhar com vocês.

 

Primeiramente, o motivo de eu não ter conseguido postar mais no blog por todo esse tempo é que o editor que me ajuda a postar as coisas aqui estava terminando o trabalho de conclusão de curso na faculdade, e acabou ficando sem tempo de me ajudar a postar as coisas aqui. Mas agora ele formou e estamos de volta a todo vapor! Depois, além disso, eu estava fazendo um tratamento para emagrecer que me ajudou por um lado, mas me atrapalhou em outros e eu tive que focar um pouco mais na minha saúde. Depois vou contar mais detalhadamente para vocês. Hoje quero falar só de coisa boa, pois estou muito feliz de voltar a escrever para vocês.

 

Férias como antigamente…

 

Apesar das dificuldades, como já disse, nessas férias também aconteceram coisas boas. Tive o cuidado da minha família, passei bastante tempo com eles e até lembrei das épocas de ouro. Por exemplo, no feriado da Independência, em setembro, passei a semana em Caldas Novas. Exatamente como antigamente. Minha mãe foi, assim como meus tios e minha prima com o filho dela. Eu e minha mãe fomos primeiro. Fizemos compra no supermercado, aproveitamos a piscina, passeamos pela cidade. Foi muito bom esse tempo de descanso.

 

Minha prima chegou no final de semana com seu filho. Foi inesquecível. Voltamos aos tempos de antigamente, quando esses passeios eram frequentes. Rimos bastante, fomos ao clube que a gente costumava a frequentar e também conhecemos um novo lugar que tinham muitas atrações legais. Não pude ir em todas, por causa da minha limitação física, mas fiquei muito feliz de passar esse tempo em família. Ajudei minha prima a olhar o filho dela na piscina de ondas, no toboágua para crianças, acompanhei ele na gincana infantil. Que divertido!

 

À noite saímos duas vezes e percebemos que aquele pique que tínhamos antigamente já não era mais o mesmo. Estávamos muito cansados. Mas mesmo assim, foi uma viagem maravilhosa. Tive o privilegio de curtir minha prima como em outros tempos e valeu muito a pena.

 

Palmeiras de Goiás

 

Nessas férias prolongadas, também tive a oportunidade de passar um final de semana em Palmeiras de Goiás. Todo ano é realizado um terço em devoção a São João Batista pela Família Lopes. Essa é uma tradição passada pelo meu bisavô. Ele prometeu que nenhum homem da família fosse chamado para para ir à guerra, todo ano ele celebraria uma festa para comemorar e rezarmos esse terço.

 

Desde então esse terço tem passado de geração a geração, e todo ano sorteamos quem vai ser o próximo anfitrião. Este ano foi uma parte da família que mora em Palmeiras de Goiás. Tivemos um final de semana incrível em uma fazenda da família. Seguimos para a casa da minha prima, onde dormimos, passeamos pela cidade (que cresceu muito desde a última vez que estive lá), conheci o lugar onde minha mãe morou quando era criança.. Enfim.. foi um passeio muito diferente e agradável. E o proximo festeiro já foi escolhido, e a festa do ano que vem vai ser em Paraúna.

 

Gente.. Eu estava com muitas saudades mesmo e agora já posso dizer que o blog está de volta a todo vapor. Acompanhe os próximos posts, curta a página do facebook, inscreva-se no canal do Youtube que em breve tem muito mais novidades para vocês!.

 

Um beijão no coração e até o próximo post.
Blog

Nova idade, refúgio antigo…

Oi gente… Como vocês já sabem, meu aniversário esse ano já passou. E como eu já contei aqui, eu sempre fujo com minha mãe para o meu refúgio: Porto Seguro. E mais uma vez foi maravilhoso. viajamos no último dia 15 e voltamos no dia 20 de abril.

 

Mesmo já conhecendo o lugar, eu não me canso de ser surpreendida pela beleza da cidade. Cada dia fomos em uma praia diferente e um dos dias aproveitamos o hotel só para descansar e guardar a energia para celebrarmos minha nova idade. Além das praias, visitamos a Feira do Descobrimento à noite – famosa passarela do álcool, que é muito linda por sinal.

 

Neste ano não fechamos nenhum pacote de passeio com agência. Como a gente já conhecia por já ter visitado outras vezes, apenas escolhemos as principais barracas para aproveitarmos. Visitamos as seguintes:

 

– Coroa vermelha
– Barramares
– Axé Moa
– E Arraial d’Ajuda

 

Além disso, nos esbaldamos nas famosas lojinhas de artesanato e roupas. Visitamos territórios indígenas, o lugar onde foi celebrada a primeira missa no Brasil, o marco da chegada dos portugueses, além dos Milagres da Nossa Senhora d’Ajuda.

 

Nesse ano, pra celebrar meu aniversário mesmo, decidimos passar em um lugar super tranquilo sem muita badalação. Fomos passear em Arraial d’Ajuda, na Praia Pitinga. Um ótimo lugar pra admirar a beleza e agradecer a Deus por mais um ano de vida. Não faltou a moqueca de peixe, não faltou paz, não faltou alegria. Só eu e minha mãe, comemorando essa data que foi tão especial.

 

No outro dia cantaram parabéns para mim dentro do ônibus da excursão e eu me senti! Foi muito legal. Quando chegamos ao vilarejo agradeci a todos pelo carinho e contei sobre meu blog. Se alguém desse passeio estiver me lendo, mais uma vez, muito obrigada!

 

É isso gente.. Vamos que vamos nessa nova idade! Que Deus nos abençoe! Até o próximo post!
Blog

Cidades Litorâneas

Oi Gente, tudo bem? Como vocês já devem ter percebido nos meus relatos aqui no blog, eu e minha família temos uma longa história com Caldas Novas. Muitos feriados e programações especiais a gente faz por lá. Por termos parte da família lá, por ser mais perto de Goiânia, enfim.. Por ser mais fácil e acessível. Mas hoje eu quero compartilhar com vocês sobre outros lugares que eu também conheço. Mais especificamente as cidades litorâneas que já visitei.

 

A primeira vez…

 

Quando eu tinha uns 10 anos, minha mãe começou a pesquisar sobre outros tipos de passeios. Amamos Caldas Novas. Mas se até do seu prato preferido você enjoa quando come todo dia, imagina os lugares que você visita? Rsrs. Já estávamos meio entediadas de sempre fazer as mesmas coisas nos mesmos lugares. Foi então que decidimos conhecer lugares diferentes.

 

A primeira vez que vi o mar foi em Balneário Camboriú, Florianópolis, no sul do Brasil. Foi uma viagem muito boa. Fomos 3 famílias. Lembro que quando vi o mar, mal podia acreditar em tanta beleza e em tanta água. É uma experiência realmente incrível. Só de lembrar, já sinto o cheiro, a brisa, a energia. Não tem nada que relaxa mais do que ficar deitada na areia sob a sombra do guarda-sol escutando aquele som.

 

Lembro como se fosse hoje. E depois que fizemos essa primeira viagem, tornamos isso em um hábito. Pelo menos uma vez no ano a gente tinha que ir para o Litoral.

 

A segunda viagem foi para Ubatuba, interior de São Paulo. Também fomos com uma parte da família. Em seguida fomos pra Cidade Maravilhosa. Ah, como o Rio de Janeiro é lindo. Fomos em uma excursão e cada dia passeávamos pelos pontos turísticos. Infelizmente não deu para subirmos no Corcovado e no Pão de Acúcar, mas só de olhar do ônibus de turismo já fiquei encantada com a beleza desses lugares. Ainda quero voltar lá pra vista de cima da cidade nesses pontos.

 

Nordeste, minha paixão

 

Agora a nossa grande paixão nessa jornada de conhecer cidades litorâneas está no nordeste. Percorremos o litoral nordestino em uma excursão para Porto Seguro. Já postei aqui sobre essa cidade linda e sobre como me encantou. Além disso, visitamos Fortaleza, Recife, Porto de Galinhas, Salvador, Guarajuba… Mas Porto Seguro.. Ah, Porto Seguro, logo logo nos veremos de novo.

 

Na próxima semana estou embarcando mais uma vez com a minha mãe para o nordeste. Adivinhem para onde? Sim! Porto Seguro. Quando voltar, conto como foi!

 

Enfim, gente. Basicamente são essas as cidades litorâneas que eu já conheci. Claro que tem muitas outras que eu tenho muita vontade de conhecer e na medida do possível vou ampliando essa lista… Espero que tenham gostado! E se tiverem alguma dica, ou alguma experiência legal pra contar, escreve aí nos comentários! Até o próximo post.
Memórias

Férias de Criança

Olá, gente! O segundo post da série “Memórias” é sobre as férias escolares. Quem não sente falta de ter o dia livre, brincar, correr, assistir desenho e de não ter quase nenhuma preocupação na vida além de se divertir? Espero que vocês curtam e acompanhem.

 

Ser criança é o máximo.

 

Com 13 anos de idade, comecei a ter grandes e verdadeiras férias dos sonhos. Minha tia comprou um chalé em Caldas Novas, interior Goiás. Eu morava em Goiânia, numa casa sem muita opção de lazer e quase não saia lá de dentro pra brincar. Então ter esse novo lugar foi a melhor coisa que minha tia poderia ter feito. Desde então, eu contava os dias para as minhas férias da escola chegarem.

 

A gente ficava eufórico na hora de arrumar as malas. No chalé, o espaço na hora de dormir quase não cabia todo mundo. Íamos em três carros. A família era grande e tinha mais ou menos umas 15 meninas. Quando as férias começavam, eu ia com a minha mãe num final de semana pra lá, ela voltava para casa e eu ainda ficava com minha tia até o final de tudo. Até as aulas começarem de novo.

 

Conquistei várias amizades nessa época e nos divertíamos muito. E a nossa turma só ficava nesse chalé da minha tia. A gente Dormia, acordava e tomava banho. Nem tomávamos café da manhã. Já almoçávamos e íamos direto para o clube. Durante as férias, algumas amigas voltavam pra casa mais cedo. Até minha mãe ia. Mas eu ainda continuava lá até o ultimo dia de férias.E ia para o clube todo dia. Meu tio já sabia que tinha que buscar a gente no fim do dia. E no dia seguinte, lá estávamos nós de novo.

 

Chegávamos de volta no chalé, tomávamos banho, depois jantávamos e descansávamos um pouco para a gente ir para a seresta. Isso quando não tomávamos banho no clube. Quando não dava tempo de terminar de arrumar, chegávamos mais cedo no clube e arrumávamos no banheiro enquanto nossos pais ficavam no bingo se divertindo. Ficávamos até umas 2 ou 3 horas da manha. A família inteira se divertindo.

 

Hoje em dia, a gente não tem mais esse lugar. Só me restou a lembrança desse tempo maravilhoso. E enquanto o tempo foi passando, cada amiga foi distanciando devidos aos estudos. Mas ainda frequento muito Caldas Novas, já ate sei fazer o “city tour” sozinha pela cidade. Parte da minha família ainda mora lá. Sempre vou visitar minha cunhada, meus sobrinhos e os filhos deles.

 

Meu coração se alegra em ir lá, mas nunca mais foi a mesma coisa. Hoje também é bom, mas de uma maneira diferente. Hoje eu fico pensando como a gente aguentava aquela agitação toda.

 

É isso gente. Lembrar dos momentos bons momentos que a gente já viveu no passado faz a gente valorizar os momentos de agora. Às vezes, você pode estar vivendo a melhor época da sua vida e nem se deu conta ainda. Então aproveite cada momento, pois lá na frente eles vão fazer falta. Até a próxima. 😀 Não esqueça de curtir a minha Fan Page!