Browsing Tag

mãe

Blog

Nova idade, refúgio antigo…

Oi gente… Como vocês já sabem, meu aniversário esse ano já passou. E como eu já contei aqui, eu sempre fujo com minha mãe para o meu refúgio: Porto Seguro. E mais uma vez foi maravilhoso. viajamos no último dia 15 e voltamos no dia 20 de abril.

 

Mesmo já conhecendo o lugar, eu não me canso de ser surpreendida pela beleza da cidade. Cada dia fomos em uma praia diferente e um dos dias aproveitamos o hotel só para descansar e guardar a energia para celebrarmos minha nova idade. Além das praias, visitamos a Feira do Descobrimento à noite – famosa passarela do álcool, que é muito linda por sinal.

 

Neste ano não fechamos nenhum pacote de passeio com agência. Como a gente já conhecia por já ter visitado outras vezes, apenas escolhemos as principais barracas para aproveitarmos. Visitamos as seguintes:

 

– Coroa vermelha
– Barramares
– Axé Moa
– E Arraial d’Ajuda

 

Além disso, nos esbaldamos nas famosas lojinhas de artesanato e roupas. Visitamos territórios indígenas, o lugar onde foi celebrada a primeira missa no Brasil, o marco da chegada dos portugueses, além dos Milagres da Nossa Senhora d’Ajuda.

 

Nesse ano, pra celebrar meu aniversário mesmo, decidimos passar em um lugar super tranquilo sem muita badalação. Fomos passear em Arraial d’Ajuda, na Praia Pitinga. Um ótimo lugar pra admirar a beleza e agradecer a Deus por mais um ano de vida. Não faltou a moqueca de peixe, não faltou paz, não faltou alegria. Só eu e minha mãe, comemorando essa data que foi tão especial.

 

No outro dia cantaram parabéns para mim dentro do ônibus da excursão e eu me senti! Foi muito legal. Quando chegamos ao vilarejo agradeci a todos pelo carinho e contei sobre meu blog. Se alguém desse passeio estiver me lendo, mais uma vez, muito obrigada!

 

É isso gente.. Vamos que vamos nessa nova idade! Que Deus nos abençoe! Até o próximo post!
Blog

Casa nova, Vida nova

Olá pessoal! Casa nova é tudo de bom. Quero contar um pouco pra vocês sobre as mudanças de casa que que aconteceram na minha vida. Recentemente a gente mudou de novo e eu quero mostrar um pouco do meu novo cantinho para vocês. Vem comigo!

 

A primeira mudança

 

Quando faltavam 15 dias para eu completar 14 anos de idade, eu e minha mãe mudamos de uma casa que morávamos há bastante tempo para um apartamento novo. Lembro que achei muito bom porque o prédio era bem legal e bem localizado.

 

Morando neste apartamento, eu tinha a liberdade de ir para o colégio sozinha. Me sentia mais independente. Minha mãe me dava um pouco mais de liberdade. Eu podia descer para piscina, curtir a água com minhas colegas depois de fazer os trabalhos da escola, também podia brincar com os amigos do prédio ao lado… Fazíamos toda aquela bagunça que todo adolescente faz..

 

Foi um tempo muito bom.. Foi nesse prédio que tive meu primeiro namorado. Foi no salão de festa desse prédio que foi realizado meu aniversário de 15 anos. Enfim, muita história boa pra lembrar. Afinal, moramos lá por 6 anos!

 

A segunda casa

 

Meu antigo cantinho

Meu antigo cantinho

 

Já quando eu tinha 20 anos resolvemos mudar devido ao meu tratamento no Centro de Reabilitação. Fomos pra um condomínio que ficava mais perto de lá. Tiveram coisas boas e coisas ruins nessa mudança, mas no geral foi muito bom. Quando mudamos, minha querida irmã já morava lá.

 

Moramos lá nesse condomínio por 14 anos. Para mim foi muito diferente. Eu não me sentia muito livre lá não. Mas com o passar do tempo, aos poucos minha mãe foi me permitindo cuidar das minhas coisas sozinha. Eu resolvia meus problemas de banco sozinha e outras coisinhas mas.
Eu no meu antigo quarto.

Eu no meu antigo quarto.

 

Foi nesse apartamento que comecei meu blog. Era lá que eu tinha o quarto rosa e minhas borboletas na parede. Mas ultimamente, depois de tanto tempo, chegamos à conclusão de que deveríamos morar em um lugar melhor.

 

Meu novo cantinho

 

Quando decidimos mudar mesmo, fiquei muito alegre, pois o lugar que estávamos olhando era um apartamento, que também é perto do Centro de Reabilitação mas é bem bonito, muito melhor do que o que estávamos morando. Um sonho se tornando realidade!
Chegando de mala e cuia no novo apartamento.

Chegando de mala e cuia no novo apartamento.

 

Mudamos há pouco dias e eu estou feliz de mais com nosso novo cantinho. Não tenho mais minha parede rosa, mas as borboletas continuam povoando o meu quarto. Então sejam bem-vindos ao novo cenário da minha vida e do meu blog. Até o próximo post.
Minha nova parede não é rosa mas ainda tem minhas borboletas.

Minha nova parede não é rosa mas ainda tem minhas borboletas.

Blog

Refúgio de Aniversário

Oi gente! Falar do meu aniversário de 15 anos no post passado me fez perceber como aniversários são datas importantes. É uma data do ano pra refletir sobre nossa história, ficar perto de quem a gente ama e, principalmente, agradecer a Deus pela vida e saúde que Ele nos dá. E existem várias maneiras de comemorar essa data. Muija gente faz festa, viaja, outros preferem ficar sozinhos, alguns nem gostam de comemorar.. Rs.. No meu caso, tem 2 anos seguidos que eu descobri um refúgio e é pra lá que eu tenho ido comemorar essa data: Porto Seguro.
Eu curtindo a natureza.

Eu curtindo a natureza.

 

Meu aniversário é em março. E há 2 anos eu decidi não fazer festa. Como Goiás não tem praia, eu prefiri viajar com a minha mãe para o litoral. E desde então é assim. Só comemoro ao lado da minha melhor amiga. E nada melhor que um barulho de mar, sombra e tranquilidade para refletir sobre o tempo que passou e pensar sobre o que está por vir.

 

Em Porto Seguro, a gente vai em pacotes completos. Normalmente ficamos de uma semana a dez dias. É muito divertido. Vamos para a praia todos os dias e à noite passeamos na famosa Feira do Descobrimento. O hotel que sempre vou fica de frente para a praia. É um sonho. Mas no dia do meu aniversário mesmo as coisas mudam.
Eu e minhas borboletas na Feira do Descobrimento

Eu e minhas borboletas na Feira do Descobrimento

 

No dia de comemorar mesmo, sempre vamos para uma famosa barraca animada, depois almoçamos em uma churrascaria e à noite eu como uma deliciosa moqueca de peixe. Minha mãe que não gosta muito de frutos do mar, prefere comer massas ou pizza. Temos um tempo de qualidade uma com a outra, jogamos conversa fora e tiramos muitas fotos. É um privilégio poder dividir essa data com a pessoa que me deu à luz. Agradeço a Deus por cada oportunidade dessas que ele me dá.
Eu e minha companheira inseparável.

Eu e minha companheira inseparável.

 

Cada vez que eu passei meu aniversário em Porto Seguro, tive a certeza de mais uma conquista realizada. É claro que também comemoro meu aniversário com meus irmãos quando chego. Algo mais simples com um bolo, uns salgadinhos com refrigerante e pronto.

Viver é uma alegria. E a cada ano que passa me sinto muito mais feliz. Em 2016 já marquei minha ida a Porto Seguro de novo. Até lá, fiquem com um pouquinho do que é estar lá. E até o próximo post!
Curtindo a paisagem

Curtindo a paisagem

 

E não é só a paisagem que é maravilhosa em Porto Seguro

E não é só a paisagem que é maravilhosa em Porto Seguro

 

E tem moças lindas também

E tem moças lindas também

Tá na chuva é pra se molhar, tá na praia é pra se tatuar.

Tá na chuva é pra se molhar, tá na praia é pra se tatuar.

 

Cantando parabéns no Hotel

Cantando parabéns no Hotel

 

Até o próximo post! :)

Até o próximo post! 🙂

Memórias

Meus 15 anos

Olá, pessoal. Hoje é dia de relembrar mais momentos felizes com a série “Memórias”. E hoje quero contar para vocês como foi meu aniversário de 15 anos. Afinal, qual menina nunca sonhou em completar essa idade e ter um dia de princesa. Pelo menos para mim, a meta da minha vida quando eu era criança era atingir essa idade. Vamos relembrar comigo?
Meu aniversário de 15 anos foi uma festa e tanto. Lembro-me como se tivesse sido ontem. Aconteceu no salão de festas do prédio em que eu morava. Não foi muito glamouroso. Foi bem simples. Mas foi lindo. Para mim, foi perfeita.
Lembro que quando faltava 15 dias para a festa, minha irmã chegou em mim e disse que a gente não iria mais viajar como estávamos planejando. Na mesma época ela comprou seu primeiro apartamento e por isso não daria para arcar com os custos dessa viagem. Diante disso, então, minha mãe me disse para escolher a festa ou o book de fotos. Os dois não daria. Eu, como gosto sempre de compartilhar esses momentos, escolhi a festa.
Todos os meus familiares ajudaram um pouco para que essa festa acontecesse. Desde o docinhos até a homenagem para minha mãe. Corremos atrás de tudo. Minha irmã fez os convites, ajudou na decoração, fez o meu bolo. Os convites tiveram que ser entregues rapidamente pois já estava perto da data. Lembro que meu aniversário cairia na quarta-feira e comemoramos ele antecipadamente no final de semana. Só convidei minha família e aqueles amigos mais íntimos.
O meu convite de 15 anos

O meu convite de 15 anos

Na festa, usei apenas um vestido. Tanto para cumprimentar as pessoas como para dançar a valsa. Não fizemos todas aquelas cerimônias que se vê em festas de debutantes em que há troca de vestido e sapato, troca de boneca por um buque de flores, etc. Mas lembro que ganhei um lindo buquê de flores da minha prima e um anel de ouro da minha tia.
Quando o relógio marcou exatamente onze da noite, chamei minha família toda, em especial a minha mãe. Fiz uma linda homenagem para ela, afinal, vocês já devem ter percebido que em todos os grandes momentos da minha vida, ela está comigo. Não podia deixar de agradecê-la mais uma vez por ser a melhor mãe do mundo. Depois disso dancei uma valsa com meu irmão e com meu padrinho.
Passado o momento da valsa, tive uma grande surpresa. O filho de uma amiga da minha mãe, que canta em casamentos estava lá. E ele cantou várias músicas para mim. Foi maravilhoso! Depois de tantas surpresas, abri a pista de dança e aproveitamos até as duas da manhã.
Foi uma noite inesquecível. Ganhei muitos presentes. E para minha surpresa, no natal daquele ano ganhei meu book de fotos. Foi um sonho.
Meu book de 15 anos

Meu book de 15 anos

É isso, gente! Para se sentir especial, a gente não precisa da melhor festa ou ficar de olho nas coisas que os outros tem ou fazem. Às vezes, tudo o que a gente precisa é estar perto das pessoas que a gente ama e tudo se torna mágico somente por isso. Não deixe de curtir minha Fan Page e acompanhar os próximos posts. Até lá! 🙂